Cortona – Sob o Sol da Toscana

Capa Cortona
Cortona é uma bela cidade, na província de Arezzo, situada em uma localização historicamente estratégica, no coração da Toscana. A cidade está localizada no Vale do rio “Chiana”, no centro de um triângulo cujos vértices são as cidades de Arezzo, Siena e Perugia.

A cidade é toda cercada por uma muralha e possui 6 entradas, mas especificamente 6 portas. Nossa escolha foi estacionar o carro perto de uma dessas portas, a porta Bifora, que nos levou diretamente a Piazza della Repubblica, subindo a rua Ghibellina.

Porta bifora

Como muitas cidades italianas, Cortona possui uma combinação de arte, história e cultura. Graças à sua localização favorável foi por muitas vezes uma importante fortaleza militar durante diferentes momentos históricos como o período etrusco, a República Fiorentina e nas batalhas entre Siena e Florença.

Depois de conquistada sucessivamente por úmbrios, etruscos, romanos, godos, napolitanos e florentinos, a bela cidade de Cortona, na divisa da Toscana com a Úmbria, viu-se nos últimos anos novamente invadida: desta vez, por leitores de Frances Mayes.

A autora de Sob o sol da Toscana (Under the Tuscany Sun) transformou sua Cortona numa parada obrigatória no circuito italiano de gente de toda parte do mundo. A cidadezinha é um encanto, e vale quanto tempo você quiser ou puder dedicar a ela.

Cortona pode servir como base para se aventurar pela Úmbria (Città di Castello, Gubbio, Perugia e Assis). Pode render um dia completo de peregrinação pelos lugares em busca dos personagens dos livros, mas, se você não fizer questão de examinar cada mural de Signorelli nem de subir até Bramasole (a casa de Ms. Mayes), pode incorporar Cortona a um passeio de um dia pelo vale do rio Chiana — ”Val di Chiana”, para os íntimos.

Piazza della Repubblica – é a praça principal de Cortona que reuni as principais ruas (Via Guelph, Via Ghibellina, Via Nazionale). Esta parte da cidade é muito pitoresca e a escada em frente a sede “del comune” (município) oferece aos turistas um ponto de observação privilegiado para admirar ao máximo a cidade, durante um belo dia ensolarado. A escadaria é também, em si, um testemunho da antiguidade da cidade: na verdade, toda a Câmara Municipal data de 1236 e foi construída sobre as ruínas do Fórum Romano.

Piazza della Repubblica Cortona

Eremo delle Celle – São Francisco de Assis esteve em Cortona em busca de um lugar de meditação e oração, isolado do resto da cidade, com a ajuda do nobre Guido Vagnottelli fundou o famoso “Eremo delle Celle”. Atualmente l’Eremo é um convento que pertence à Ordem dos Capuchinhos, e seus visitantes têm a oportunidade de visitar hoje o lugar de oração de São Francisco, deixado intacto depois de sua morte. Também vale a pena admirar a impressionante cachoeira em frente ao convento.

eremo-convento-le-celle-cortona

Teatro Signorelli – um teatro histórico localizado no centro de Cortona e foi construído em 1854 pelo arquiteto Carlo Gatteschi, cidadão de Arezzo.
Ele foi projetado em estilo neoclássico com uma corredor exterior com sete arcos. O teatro ainda está em operação e organiza eventos de todos os tipos, por isso é recomendado para os amantes de teatro clássico, recém-chegado na cidade, solicitar o programa com as mostras mensais e aproveitar a oportunidade para visitar o belo edifício e passar uma agradável noite neste belo teatro.

teatro-signorelli-cortona

Duomo di Cortona – surge sob as ruínas de um edifício pagão antigo conhecido como “Corys Etrusca” cuja data de construção original é por volta do ano 1000. No entanto, a estrutura atual é devida a época do Renascimento.
O interior é inspirado por “colunas brunelescas” e a catedral possui três naves. Neste duomo se encontra uma grande quantidade de obras sacras, embora muitos tenham sido transferidos para o Museu Diocesano.

duomo di cortona

Fortezza di Girifalco – Esta fortaleza se situa no alto da cidade e foi construída por “Cosimo I de Medici” sobre as cinzas de uma antiga fortaleza etrusca, e confiou o projeto ao arquiteto “Gabrio Serbelloni”. Recentemente o forte foi restaurado e aberto ao público de abril a setembro sendo frequentemente utilizado para exposições e eventos. O complexo também abriga o “Centro de Estudos e Documentação sobre a Vida Rural de Val di Chiana e Trasimeno”. Do alto da torre se pode admirar um panorama muito sugestivo, toda a cidade de Cortona e o Vale do rio “Chiana”.

CortonaFortezzaDelGirifalco2

Chiesa di Santa Maria delle Grazie al Calcinaio – Neste lugar, no domingo de Páscoa de 1484, uma imagem de Nossa Senhora com o Menino, apareceu pintada na parede de um tanque usado no curtimento do couro. A partir deste dia a imagem começou a fazer milagres. Aqui foi erguida a Igreja de Santa Maria delle Grazie al Calcinaio, que foi projetada pelo famoso arquiteto renascentista Francesco di Giorgio Martini. A igreja possui uma nave ladeada por duas capelas e uma cúpula renascentista.

Santa MAria delle Grazie al calcinaio

Gostou do post?

Deixe seu COMENTÁRIO, COMPARTILHE nas redes sociais: Facebook, Twitter e Google+

Se ainda não encontrou uma estadia, utilize o booking na sua pesquisa!

Aproveite para assistir ao vídeo que eu fiz quando visitei Cortona!

Iaponira Diniz

Quem faz Iaponira Diniz

Nascida na cidade do Rio de Janeiro, carioca da gema, me apaixonei pela Itália na minha primeira viagem em 2009. Assim que coloquei meus “pezinhos” nesta terra decidi que era aqui que gostaria de ficar durante um bom tempo… Depois da minha primeira viagem por essas bandas, todas as minhas próximas férias foram dedicadas exclusivamente para conhecer e explorar ainda mais este maravilhoso País!!! Apaixonada por vinhos, queijos, massas, doces, viagens, onde mais eu poderia estar??

Assine a minha lista para receber dicas, receitas e atualizações do Blog, e ganhe um e-Book com 10 receitas italianas!

Respeito sua privacidade!! NUNCA enviarei SPAM!!

31 ideias sobre “Cortona – Sob o Sol da Toscana

  1. AMOOOO, seu blog, e tudo que está fazendo, receites hum cd. delicia. Estou um poco afastada, mais não deixe de me mandar nada, vira e mexe eu leio e amo, Beijos

  2. Muito linda… nossa Itália é muito linda, além disso traz em si muita curiosidade histórica como o “Eremo delle Celle”…muito legal mesmo. Me sinto extremamente enaltecido pelo privilegio de ser agora um cidadão italiano. Parabéns pelo seu trabalho…

  3. Laporina,
    Bom dia!Não me canso de assistir o seu vídeo. Você descreve os pontos turísticos com detalhes que parece estarmos com vc Muito bom estas viagem virtuais. Não vejo a hora de ir pessoalmente para encher ainda mais os olhos com tamanha beleza.
    Só posso te agradecer pelo carinho!
    Ana

  4. Ola Iaponira que bom que voçê viaja bastante para mostrar esses lugares lindos. Eu fico mais feliz porque viajo junto com voçê sem me preocupar em fazer malas ou cuidar do transporte. Obrigada e continuamos viajando. Abs.

  5. .parabéns! Não tive a oportunidade de conhecer Cortona, andei por perto, mas certamente estará na minha próxima ida à Itália. Fiquei curiosa para conferir esta maravilha.

  6. Adorei, quero o mais breve possivel ir para a Itália, e com seus posts a vontade é de ir logo conhecer a terra de meus ancestrais. Beijos e OBRIGADO POR ESSA MARAVILHA.

  7. Parabéns pela detalhada descrição que você fez de Cortona,inclusive a parte histórica.Bela cidade,mostrada pelo seu vídeo.É muito importante conhecermos cada vez melhor a Itália e nos permitir viajar com você por lugares diferentes e pitorescos.Beijos.

  8. Hola Iaponira,

    Obrigada pela constancia, sempre esta atualizando nossos conhecimentos tanto na culinária, quanto a este belo País que eu tambem adoro, conheço muito pouco de Itália, mas o poco que conheço me tornou uma eterna enamorada dela, tenho muitos amigos italianos e vivo cerca (Barcelona). Preciso visitar mais amenudo: La Bella Itália. Gracias.

    • Hola Tereza,
      Sempre que posso tento postar alguma coisa, mesmo se ando muito ocupada com meu novo blog de vinhos!
      Tem que vir aqui fazer uma visita, você esta tao pertinho… 🙂
      Amo Barcelona!!
      Obrigada pelo seu comentário.
      Grande abraço,
      Iaponira Diniz

  9. Iaponira, venho acompanhando você desde o começo e, embora não me expresse muito por aqui, tenho aproveitado todas as suas dicas. Não conheço Cortona mas fiquei apaixonada. Gosto muito do jeito como você tem apresentado as diversas facetas da Itália. Desejo-lhe constante sucesso. Abraço.

  10. O Filme : Sob o Sol de Toscana , eu já perdi as contas de quantas vezes eu o assisti . Eu adorei Cortona ! Cidade muito bela e cheios de tantos encantos ao seu redor . A Itália inteira é muito Bela . Obrigada Iaponira , por tantas Belezas apresentadas para meus conhecimentos , tão importantes para mim . Abraços …..Arrivederci !!!

    • Oi Leila,
      Eu também vi tantas vezes, e por incrível que pareça essa foi a primeira vez que foi a Cortona.
      Imperdoável, já moro aqui há mais de dois anos. 🙂
      E para variar amei Cortona.
      Obrigada pelo seu comentário. 🙂
      Arrivederci!

  11. Conheço 48 cidades italianas e na próxima vez Cortona não poderá faltar. NESTA praça foi filmado um show do André Rieu. Lindo. Como cada pedacinho da Itália ela é plena de história.
    Aprendi num curso que fiz na Italia Ghelfi e ghibellini. São aqueles “merli” enfeites no alto dos castelos. O GHIBELLINI é o que parece uma bandeirinha virada para cima ( são a favor do imperio ) e os ghelfi , forma retangular
    (a favor da igreja). 1ª e 3ª fotos se vê merli ghibellini na torre acima do relógio.. Deve ter alguma relação com o nome das vias?

  12. Cada vez mais me apaixono pela Itália. Além
    de meus antepassados serem daí, o meu coração pertence à Itália. Cada vez que recebo um post já sei que vou conhecer mais um pouco de minha querida Itália. E o que é legal que são lugares novos e burlescos. Obrigado por me levar a viajar e ver detalhes tão preciosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *